Indonésia – parte 3 – As cafeterias

O último post do nosso relatório de viagem, não poderia ser mais gostoso. Aqui indicamos algumas cafeterias que encontramos pela Indonésia, onde os proprietários se envolvem na educação dos produtores para oferecerem um café excelente e deixarem para trás alguns velhos (e maus) hábitos, como o giling basah.

Tanamera Coffee

O Tanamera Coffee começou em Jakarta em 2013 e agradou o gosto do público. Em pouco tempo já ganharam reputação e prêmios internacionais, como melhor torrefador internacional pela associação australiana de agricultura.

O foco deles é café indonésio e seu potencial como café especial. Pelo que pudemos ver, eles são muito bem-sucedidos no que fazem, oferecendo uma bebida bastante saborosa e equilibrada.

Klinik Kopi

O Klinik é um lugar único, começando pelo fato que ele fica na casa do proprietário, o Pepeng. Quando você chega no endereço, que fica em uma viela, você recebe um número para aguardar até ser atendido. Quando chega sua vez, você acaba conhecendo o Pepeng, um cara apaixonado por café, que escolhe, torra e prepara todos os cafés servidos no lugar. Ele serve apenas cafés feitos com métodos de preparo manuais, então não espere nenhum espresso por lá.

Ficamos no Klinik até a hora de fechar para conversar com o Pepeng, que nos mostrou diversos vídeos e fotos dos produtores que ele visita e ensina alguns métodos de processo em parceria com o governo.

Ambiente bastante descontraído, todo mundo sentado no chão e café delicioso de diversas regiões do país!

Giyanti

Uma micro-torrefação na Jalan Surabaya, uma rua com lojinhas de antiguidade, como se fosse a Praça Benedito Calixto de Jakarta. O Giyanti também toma muito cuidado para selecionar e torrar seus cafés e são impecáveis também na hora de preparar.

Foi o único café visitado que oferecia também cafés de outros países. Eles abrem apenas de quarta-feira até sábado, pois de domingo a terça-feira estão fechados para focar na torra.

Seniman

Por último ficou o Seniman Coffee Studio, um projeto do artista plástico, q-grader e juíz do campeonato nacional de barista, Rodney Glick. O design moderno com cadeiras de balanço, música boa, comidas locais e atendimento impecável, simplesmente complementam a excelente variedade de cafés que eles oferecem.

Com um trabalho muito próximo aos produtores, Rodney e sua equipe conseguem selecionar e processar os cafés para atender não apenas o Seniman, mas também compradores internacionais que já descobriram os cafés especiais da Indonésia. Isso contribui bastante para o reconhecimento e autoestima dos produtores, que recebem mais motivação para continuar com bons métodos de cultivo.

Terima kasih!

Deixe um comentário